Home  /  Resonancias  /  Núm: 40 Par: 0 (2017)  /  Article
ARTICLE
TITLE

Modernismo e internacionalismo como programa: o compositor Fernando Lopes-Graça e a sociedade de concertos Sonata (Lisboa, 1942-1960)

SUMMARY

Durante o século XX, não foram infrequentes as organizações musicais que respondiam às seguintes características: estarem dirigidas por compositores, dedicarem-se à produção e programação de concertos preenchidos por novas obras e terem uma dimensão local. Entre 1942 e 1960, Lisboa contou com uma organização que apresentava as características mencionadas: a sociedade Sonata, fundada pelo compositor Fernando Lopes-Graça (1906-1994), uma figura fundamental para a história da música erudita em Portugal. A relevância da Sonata tem, de facto, muito a ver com a importância que Lopes-Graça tem para a história cultural portuguesa, mas prende-se sobretudo com a atividade que desenvolveu durante perto de duas décadas. Neste artigo, debruçar-me-ei em primeiro lugar sobre o papel que Lopes-Graça teve na definição das linhas programáticas da Sonata e, em particular, sobre a forma como determinadas ideias sobre o moderno em música, desenvolvidas por Lopes-Graça nas suas colaborações jornalísticas, se plasmaram na orientação dada a esta organização musical. Centrar-me-ei ainda num outro aspecto. Refiro-me ao esforço desenvolvido por estabelecer vínculos internacionais. Estudo em particular a passagem da Sonata pela Sociedade Internacional de Música Contemporânea (SIMC). Utilizo como fonte primaria principal o arquivo administrativo da sociedade, conservado na Academia de Amadores de Música, em Lisboa. Como apéndice, o artigo proporciona o listado do repertório completo interpretado nos concertos da Sonata em Lisboa.

 Articles related

Manuelina Maria Duarte Cândido    

Museus: busca de adequação à realidade por que os museus?Quando pensamos em tratar dos objetos museológicos em nosso trabalho tínhamos em vista a importância da reconstrução dos significados históricos presentes na cultura material. É sabido que, num paí... see more


Sandra Mara da Cunha    

Partindo da exploração dos sons produzidos pelo piano, crianças iniciantes no aprendizado desse instrumento têm material para se expressar musicalmente. Como em um quebra-cabeça em que as peças vão sendo acopladas umas às outras para formar uma imagem, t... see more

Revista: Revista Orfeu

Joel Miranda Bravo de Albuquerque    

Este trabalho é o segundo momento de reflexões sobre a rede de projeções por inversão, um conceito apresentado ante-riormente em nosso artigo “Rede de Projeções por Inversão, Relações entre Tonnetze de Diferentes Tricordes” (ALBUQUERQUE e SALLES: 2017). ... see more

Revista: Revista Orfeu

Juan Pablo Silva Escobar,Valentina Raurich Valencia    

Este artículo se desarrolla a partir de la idea de que la práctica cinematográfica desarrollada por el Nuevo Cine Chileno se configura como una práctica significante que permite dar cuenta del proceso de construcción de una nueva concepción acerca de lo ... see more

Revista: AISTHESIS

Vinicius Pereira,André Carreira    

Esta pesquisa busca compreender como a base de sustentação – constituída por certo discurso ideológico, de pensamento políticos comprometidos – repercute no pensamento estético e numa poética própria de grupos de Teatro de Grupo no Brasil. O artista pare... see more